Instacarro aponta modelos com comercialização acima da tabela FIPE

Levantamento da plataforma de intermediação de venda de veículos no mês de abril aponta modelos com valores até 33% maiores do que o indicador

Negociar um carro usado não é tarefa fácil. O mercado utiliza como referência de preços a tabela FIPE, mas nem sempre ela é fidedigna ao valor real do veículo. O que valoriza o carro frente aos lojistas é seu estado geral, quilometragem, documentação em dia etc. Uma mostra disso é o levantamento realizado pela InstaCarro, plataforma que realiza a intermediação da venda de veículos.

A InstaCarro elencou os preços médios dos automóveis em sua base de clientes no mês de abril deste ano e identificou os dez modelos mais valorizados em relação ao que descreve a FIPE, podendo haver variações no valor conforme estado do veículo. A primeira posição é do Volkswagen T-Cross (2020), com valorização de até 33% acima do indicado pelo mercado para algumas versões de modelos da marca. Ele se mostrou forte concorrente no mercado de seminovos e isso se deve, principalmente, por ser um veículo que combina tecnologia, conforto, economia de combustível e estar em uma categoria ascendente no mercado: o de SUVs.   

Em segundo colocado está o Fiat Fiorino (2005), negociado por até 13,34% acima do valor estimado pela FIPE. Assim como quando liderou o ranking da InstaCarro em janeiro deste ano, o resultado mostra como o mercado urbano de transportes de pequenas cargas, como o delivery, por exemplo, continua em alta e com demanda constante de crescimento.

Já o terceiro colocado, com valorização de 8,69%, o Hyundai Creta (2018), também se posiciona como grande concorrente no mercado de SUVs, um dos mais procurados pelos brasileiros. Com design atrativo e que não mudou muito desde o lançamento, o coreano tem bom espaço interno e é uma ótima opção para quem quer entrar nesse segmento.

Confira o ranking completo dos dez modelos mais negociados com valor acima da FIPE em abril deste ano:

  • Volkswagen T-Cross (2020) – 32,87%
  • Fiat Fiorino (2005) – 13,34%
  • Hyundai Creta (2018) – 8,69%
  • Fiat Palio (2011) – 8,35%
  • Honda HR-V (2017) – 6,48%
  • Volkswagen Up (2019) – 6,04%
  • Chevrolet Montana (2019) – 5,81%
  • Fiat Strada (2021) – 5,42%
  • Hyundai I30 CW (2012) – 4,47%
  • Toyota Yaris (2020) – 4,35%

“A tabela FIPE é um indicador, mas sua finalidade é mais para cotação de impostos e tributos do que para mensurar a negociação de um veículo. Nem sempre ela vai trazer o valor adequado para determinado modelo. A melhor alternativa é contar com ferramentas que auxiliam nesse sentido, possibilitando encontrar as melhores oportunidades para todos”, explica Luca Cafici, CEO da InstaCarro.

O levantamento realizado pela InstaCarro é apenas um indicador de veículos que conseguiram obter cotações com preços superiores ao da Tabela FIPE. Contudo, há inúmeras variáveis que contribuem na precificação de um automóvel, como estado de conservação, quilometragem, documentação, etc. Dessa forma, vender carros do mesmo ano, modelo e versão não é garantia de que conseguirá preços acima da tabela.

tabela FIPE

Sobre a InstaCarro 

Criada no fim de 2015 e baseada em São Paulo (SP), a startup atraiu um exigente grupo de investidores para apoiar seu projeto inovador no Brasil, recebendo um dos maiores aportes de capital para uma empresa de internet nesse estágio até hoje no país. Faça uma avaliação profissional e oferte seu carro para mais de 4.000 lojas e concessionárias do Brasil sem sair de casa – o vendedor recebe múltiplas ofertas, escuta a maior e, se aceitar, é pago no mesmo momento. Além disso, não é preciso se preocupar com laudo de transferência, já que a InstaCarro cuida do processo. Para saber mais, acesse: www.instacarro.com.br .  

Informações à imprensa 

NB Press Comunicação  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *