Saiba qual iluminação deve usar no veículo em cada situação

Agora com a nova determinação sobre o uso dos faróis em rodovias mesmo pela manhã, uma dúvida sobre qual iluminação deve-se usar, pode surgir para alguns motoristas. Pode parecer uma questão simples, mas como há diferentes luzes disponíveis nos veículos, não custa tirar essa questão a limpo. Nesse caso específico, o farol baixo deve estar acionado. Mas, fique ligado na utilização correta de cada luz do seu carro.

Há diferentes tipos de sistemas de iluminação no veículo, e cada um serve para uma determinada situação: iluminação de posição, farol de neblina, farol alto, farol de milha, pisca-alerta, luz de freio.
Mas você sabe a hora certa de utilizar cada um desses sistemas? Veja a seguir.

Luz de posição (lanterna)
Serve tanto para indicar presença quanto para sinalizar aos outros motoristas qual é a largura do seu veículo.

Luz baixa

É o farol mais usado à noite. Serve para iluminar a via à frente do veículo, mas com um alcance e intensidade calculados para não provocar ofuscamento ou desconforto aos motoristas que vêm na direção contrária, nem aos que seguem à sua frente, olhando pelo retrovisor.

Luz alta (farol alto)

Serve para iluminar a via a uma longa distância à sua frente, principalmente em estradas sem iluminação. Mas não pode ser usada ao cruzar com outro veículo ou segui-lo, justamente para não atrapalhar a visão do outro motorista.

Farol de neblina

É um opcional do carro. O objetivo é melhorar a visibilidade do motorista em casos de neblina, tempestade ou nuvem de poeira.

Farol de milha

Outro opcional, tem facho de luz concentrado e de alta intensidade, sendo utilizado na iluminação a distância, assim como acontece com a luz alta.

Fechado para comentários.