Reparação Automotiva ganha destaque na AUTOMEC 2017

Uma das principais atividades paralelas da AUTOMEC será voltada à reparação automotiva a 13ª edição da Automec demonstra também a preocupação de conectar outra parte da cadeia da reposição.

Se o foco principal durante a Feira está voltado para o desenvolvimento, lançamentos, inovações e negócios envolvendo autopeças, os organizadores fazem questão de aproximar os reparadores, que são os responsáveis pela aplicação dos componentes nos veículos.

No espaço projetado para demonstrações de tecnologia e avanços na reparação automotiva, o público vai ter a oportunidade de acompanhar as mais recentes técnicas e também conhecer os melhores equipamentos em reparos automotivos. A expectativa é que a Ilha de Funilaria e Pintura, por exemplo, seja um dos espaços mais visitados da AUTOMEC 2017 – Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços.

“É uma excelente oportunidade para apresentar o universo do segmento de colisão (funilaria e pintura). Essa ilha traz muitas novidades de feiras do exterior, exibindo aqui aquilo que temos de mais moderno no Mundo”, adianta Antonio Fiola, presidente Sindirepa-SP e Sindirepa Nacional (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios).

Vão participar da Ilha empresas especializadas como Wimpel, fabricante e distribuidora de equipamentos para pintura, e Batistinha Garage, restauradora e customizadora de veículos.

Durante os dias da Feira, a Batistinha Garage vai transformar totalmente um automóvel original de fábrica modificando pintura e instalando acessórios, com aplicação de adesivos, novas rodas, pneus e tudo o que for possível para deixar o veículo totalmente customizado.

Os profissionais da empresa também farão demonstrações das técnicas e dos equipamentos utilizados em pintura, funilaria, solda etc. “É a oportunidade de ver ao vivo nosso trabalho à medida que o serviço vai sendo executado”, explica Fernando Batista, proprietário da Batistinha.

A Wimpel deverá levar para a Ilha de Funilaria e Pintura 64 itens entre pistolas de pintura, filtros de ar, lixadeiras, politrizes, aerógrafos, dentre outros. “Nós vamos mostrar também oito lançamentos em equipamentos de pintura e polimentos”, destaca José Vitorino de Arruda Filho, proprietário da Wimpel.

O setor de reparos de automóveis é um dos mais importantes da cadeia automobilística no país. De acordo com os dados do Sindirepa, o Brasil possui 97 mil oficinas independentes, sendo 20% especializadas em reparos de colisão, com média de 11 funcionários cada. Ao todo são 250 mil empregos diretos e 800 mil indiretos.

“As oficinas estão sempre aprimorando técnicas e agregando serviços para fidelizar o cliente. Além de precisar fazer o serviço de reparação com qualidade e rapidez, elas devem também oferecer tratamento de estética e higienização de cabine e ar-condicionado, por exemplo, que agregam valor ao trabalho executado”, afirma o presidente do Sindirepa.