Problemas com a seta? Veja como testá-la

Relé de seta – Muitos motoristas passam por um problema, até certo ponto comum: as luzes das setas não funcionam. Nesses casos, alguns, mais íntimos com seus carros colocam as mãos à obra e fazem a troca manual das lâmpadas. Algumas vezes dá certo, mas, e quando não dá?

É geralmente nessa hora que o carro acaba chegando na sua oficina. O defeito, muito provavelmente, vai estar no relé da seta.

Por isso, o Brasil Mecânico separou esse conteúdo para te ajudar a testá-lo e trocá-lo, caso necessário. Vamos lá?

Identificando

O primeiro passo é achar o relé correto. Como existem relés de seta de várias cores, você poderá procurar pelo nome “relé de seta” gravado nele ou retirar um por um e ver se coincide com as informações a seguir.

Visto por fora um relé se parece com uma caixinha com alguns pinos misteriosos. Mas alguns possuem funções bem complexas para o seu tamanho.

No caso específico do relé de seta ele tem a função de fazer piscar, em períodos sincronizados, a luz que indica a direção na hora de fazer uma conversão com seu carro. Sem essa função ninguém saberia para qual lado queremos ir quando dirigimos.

A maioria deles tem três pinos, ou três saídas, como se diz entre os técnicos. E, como qualquer outro relé, existem números bem específicos gravados ao lado de cada pino. Esses números são suficientes para qualquer um identificar facilmente um relé de seta. São eles: 49; 49a e 31.

Testando

O que significam esses números? O 31 é o negativo do relé, o 49 é o positivo acionado quando você liga a chave do carro, e o 49a é a saída para piscar as lâmpadas. Com uma lâmpada de teste é possível testar o relé da seguinte maneira:

Consiga dois fios. Ligue um no 31 do relé e a outra ponta no negativo de uma bateria ou fonte. Ligue o outro fio no número 49 do relé e a outra ponta no positivo da bateria ou fonte. Arrume uma lâmpada de testes automotivos (teste de fusíveis). Em seguida ligue a garra dela também no negativo da bateria e a ponteira da lâmpada de teste no número 49a do relé. Tome cuidado para que fios errados não se encostem.

Relé de seta Diagnósticos

Há três resultados possíveis em caso de problemas com o relé de seta. São eles:

1 > Se a lâmpada não piscar o relé está com defeito.

2 > Se a lâmpada acender, e permanecer assim, o relé está com defeito.

3 > Se a lâmpada piscar sem parar (teste por algum tempo) o relé está em condições de uso e o defeito no sistema de seta será outro.

Com um pouco de paciência e atenção, é perfeitamente possível testar um relé de seta e trocá-lo sem muitas complicações.

Relé de seta Como trocá-lo?

Confirmado o relé e seu defeito, é hora de resolver. O único jeito é trocando o quebrado por um componente novo. Talvez essa seja a parte mais simples de todo o processo. Com atenção, você irá desconectar as conexões e conectar a nova peça exatamente como estava a anterior. Tudo certo, você entregará o carro para seu cliente com as setas funcionando novamente.

2 thoughts on “Problemas com a seta? Veja como testá-la

Fechado para comentários.