Quem é você na direção?

Quem é você na direção?  – Os diferentes tipos de motoristas
O Professor

Quem é você na direção – Esse é aquele motorista que não consegue dirigir sem prestar atenção no que os outros estão fazendo e apontar como eles falharam ao fazer determinada coisa. Quando o professor está dirigindo, ele costuma ser bastante crítico, porém quando ele é passageiro…a situação fica ainda pior.

O Baterista

Sabe aquela pessoa que não consegue dirigir sem ouvir música e para qual o volante não é um instrumento para conduzir o carro, mas sim para fazer percussão? Ela é o baterista! Se você se identifica com esse perfil, continue curtindo o som no carro, só não vale usar baquetas!

O Esperto

Todos nós conhecemos alguém que não vai a lugar nenhum sem utilizar o Waze, fazendo questão de cortar caminho sempre que possível. Esse tipo de motorista adora descobrir atalhos e algumas vezes se mete em ciladas por conta disso – quem já utilizou Waze sabe que às vezes ele inventa caminhos nada agradáveis.

O Produtivo

Muitos motoristas que vivem em grandes centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, acabam virando “O Produtivo”, fazendo o máximo de coisas possíveis enquanto dirigem, como falar ao celular, fazer conferências, passar maquiagem e até mesmo ouvir um audiobook. Se você é desse tipo, muito cuidado com a sua segurança e dos demais!

O Irritado

Esse é um perfil de motorista que está cada vez mais comum, sendo composto por pessoas que não conseguem dirigir sem se estressar com outros motoristas, acusando tudo e todos de entrarem em seu caminho com o único propósito de lhe irritar. O diagnóstico desses motoristas é fácil e um dos maiores sintomas é o uso constante da buzina e a gesticulação incessante.

O Piloto

Sabe aquele(a) pessoa que tem um carro 1.0 e que quando se senta em frente ao volante se acha o protagonista de alguma versão tupiniquim de Velozes e Furiosos? Ele provavelmente faz parte do perfil “Piloto”, que adora correr e fazer malabarismos com o carro, como se estivesse em uma pista de corridas. Um sintoma bem comum desses motoristas está no carro que dirigem – os para-choques dianteiros geralmente são arranhados e têm marca debatida.

O Calmo

O “calmo” é exatamente o oposto do irritado e do piloto ao mesmo tempo. Ele tem a maior paciência do mundo para dirigir. Anda devagar o tempo todo e pega o trânsito que for sem ver problema, mas sim uma oportunidade para ouvir uma música, cantar e ficar mais um pouco sentado. Basta uma volta ao lado dele para você saber exatamente que tipo de motorista ele é.

O Medroso

Esse é aquele motorista que não consegue relaxar no volante. Ele dirige sempre de uma forma rígida e está constantemente assustado com o que as outras pessoas estão fazendo. Para ele, parece que dirigir é um sofrimento. Geralmente apoia as duas mãos e segura o volante como se ele estivesse tentando fugir do carro. Uma característica do medroso é contagiar os passageiros com o mesmo sentimento. Afinal, só de ver o medo em seus olhos acaba a confiança de qualquer um dentro do carro!

Fonte: CarrodeAluguel.com

Fechado para comentários.