Com isolamento social, aplicativos e ferramentas digitais tornam-se pilares para fortalecimento de marcas de mercado

Ferramentas digitais – A pandemia modificou profundamente o comportamento de compra dos brasileiros. De um dia para o outro, grande parcela da população – acostumada a comer fora de casa e a fazer compras em shoppings e lojas de rua – viu-se obrigada a mudar o caminho até seus pratos prediletos e suas lojas favoritas. O trajeto, antes feito de carro, a pé, de bicicleta ou de metrô, passou a ser feito na palma da mão, por meio dos mais variados aplicativos de entregas, tanto de comida como dos demais itens de consumo.  

Busca por desenvolvedores de apps no Google teve crescimento de 100% entre abril e julho no país

Do outro lado do balcão, milhões de empreendimentos que até então não mantinham qualquer presença online foram obrigados a adequarem-se rapidamente à nova realidade. Diante do isolamento social, a única forma de alcançar os seus consumidores seria marcando presença no mundo virtual, por meio de sites ou de aplicativos próprios. 

Não à toa, as buscas pela expressão “desenvolvimento de aplicativos” no Google cresceram 100% em julho na comparação com abril, segundo mês da pandemia. Conforme a empresa de tecnologia RankMyApp, a expectativa é de que o mercado mundial de criação de apps movimente até o ano que vem nada menos do que US$ 6,3 trilhões, o equivalente a mais de três vezes o PIB brasileiro (estimado em US$ 1,9 trilhão). Atrás da Indonésia, o Brasil é o segundo país onde este mercado mais cresce na atualidade.  

Casa do Construtor passar por revolução digital 

Para a Casa do Construtor, maior rede brasileira de franquias especializada na locação de máquinas e equipamentos de pequeno porte para a construção civil, a pandemia foi o momento de uma verdadeira virada tecnológica. Desde março, a empresa implantou várias ferramentas visando fortalecer o contato virtual com seus clientes, conexão que deve se tornar ainda mais relevante e facilitar as locações no chamado “novo normal”.  

Uma das inovações implementadas na rede foi o cadastro inteligente, que verifica as informações dos consumidores junto às bases de dados do governo, com o objetivo de verificar se o CPF ou CNPJ informado é valido. Combinada ao uso de biometria facial, a medida é fundamental no sentido de prevenir fraudes nas locações.  

Para os clientes que não podem ir à loja pessoalmente – situação de grande parte das pessoas durante a pandemia –, a Casa do Construtor implantou o Lino, um chatbot com o qual é possível realizar cotações pelo próprio WhatsApp. Enquanto o consumidor conversa com o chat, repassando seus dados para a locação, as informações são transferidas para o servidor da empresa, agilizando a análise e aprovação cadastral. Atualmente, o Lino já é utilizado por 196 das 270 lojas da rede no país.  

Outra ferramenta implantada pela Casa do Construtor durante a pandemia foi o Locamus, aplicativo do vendedor que pode ser usado no celular ou tablet. Espécie de braço direito do vendedor, o app tem como objetivo melhorar a experiencia dos profissionais da rede e dos clientes, diminuindo a burocracia, aumentando as taxas de conversão e dando mobilidade para os vendedores. Futuramente, o Locamus deverá ser utilizado também em totens de autoatendimento.  

Conectado às bases de dados de cada loja, o aplicativo transfere todos os dados relativos a cotações e locações para o servidor geral da empresa. No app, é possível encontrar informações sobre os equipamentos, seus usos e sua disponibilidade – na busca, os equipamentos podem ser filtrados de várias formas, como categorias de serviços ou produtos com alta demanda no momento.  

Além disso, o Locamus ainda oferece a possibilidade de escolha da melhor forma de entrega dos equipamentos, permite acrescentar dados das obras e tem integração com WhatsApp para o envio de cotações. O app está sendo utilizado, em forma de projeto-piloto, em 23 unidades da rede.  

OrthoDontic e ValeCard apostam em novos aplicativos 

A OrthoDontic, maior rede de clínicas de ortodontia do país, acaba de lançar um aplicativo que reúne funcionalidades voltadas aos clientes e franqueados da rede. O app não ocupa muito espaço na memória de celulares e tablets e promete otimizar o tempo de pacientes, franqueados e funcionários, servindo para o agendamento ou a remarcação de consultas, a verificação do histórico de consultas e pagamentos, entre outras funções.  

Para o desenvolvimento do aplicativo, a OrthoDontic realizou um estudo sobre o comportamento dos pacientes. A ideia é otimizar a jornada do cliente, proporcionando maior praticidade e facilidade nas atividades cotidianas que envolvem o tratamento, contando com uma excelente experiência de navegação. A exemplo do que acontece em apps como o WhatsApp, o novo aplicativo da OrthoDontic não exige que os usuários façam um novo login a cada novo acesso – os dados são incluídos apenas na primeira vez que o app é acessado e permanecem registrados no celular ou tablet.  

Além de acessar boletos e agendar consultas, os clientes podem verificar o histórico de atendimentos, checar as datas de futuras sessões de tratamento e receber notificações push (alertas exibidos na tela principal) com informações do seu interesse, incluindo campanhas voltadas à saúde bucal, por exemplo. Para os pais com filhos em tratamento nas clínicas da rede, o app oferece a possibilidade de acompanhar o histórico, a evolução e os agendamentos de atendimentos de cada um dos filhos de forma separada.  

Por meio de um sistema de agendamento inteligente, o próprio aplicativo sugere aos clientes que precisam remarcar consultas alternativas de horário alinhadas aos padrões de atendimento anteriores. Se o paciente costuma realizar consultas nas tardes de quartas e sextas-feiras, por exemplo, no momento da remarcação o app irá lhe sugerir opções de horários de acordo com este histórico.   

Já a ValeCard, uma das maiores empresas de meios de pagamento eletrônicos do Brasil, acaba de lançar uma nova versão do aplicativo Benefício ValeCard. Disponível nas lojas App Store (iOS) e Play Store (Android), o app conta com as funções de desbloqueio/ativação do cartão, alteração da senha, consultas (extrato de transações, rede credenciada por ponto de referência, rede credenciada por categoria) e solicitações (segunda via do cartão, bloqueio por perda/roubo).  

Ferramentas digitais

Além disso, por meio do app, o usuário pode favoritar estabelecimentos, visualizar a rede credenciada via mapa e ainda encontra um link para atendimento via WhatsApp. A nova versão do app ainda traz como diferenciais a exclusão de solicitação de CVV para bloqueio de cartão, a não permissão de desbloqueio do cartão para usuários de empresas que não autorizem esta função (o aplicativo exibe uma mensagem de orientação para o usuário procurar o setor de RH da empresa). O app também conta com o recurso de envio simultâneo do Token por e-mail e por SMS. Com layout mais intuitivo para acesso às funcionalidades dos cartões, o aplicativo também teve renomeados alguns campos para facilitar a interação do usuário com app.