Renault e Valeo irão produzir motores elétricos de última geração

O Grupo Renault formará uma parceria com a Valeo para construir motores com 200 kW de potência

Em um mais um passo dentro do plano estratégico para a mobilidade elétrica total, a Renault anuncia a criação de uma nova parceria, desta vez com a empresa Valeo, que ficará a cargo da produção de motores elétricos de última geração na França

Ambas as empresas divulgaram um comunicado oficial confirmando a assinatura de um memorando de intenções para criar esta nova parceria. Sem dar muitos detalhes, as empresas adiantaram que os primeiros motores elétricos desta iniciativa chegarão ao mercado até 2027. 

Renault R5 elétrico no Salão de Munique

Esses motores serão produzidos na fábrica da Renault em Cleon, na França, onde são fabricados os propulsores para os atuais carros elétricos da marca. Um destaque é que essas novas unidades serão feitas sem o uso de metais de terras raras e terão até 200 kW de potência (268 cv), um ganho importante sobre os atuais motores, já que o mais potente usado atualmente pela marca está no Renault Megane E-Tech Electric e entrega 160 kW (214 cv). 

Vale destacar que o fornecimento de metais de terras raras é dominado pela China, então muitos fabricantes de veículos elétricos e baterias estão buscando reduzir ao máximo a aplicação desses elementos, ou mesmo eliminá-los totalmente. 

https://chat.whatsapp.com/LrrPXTynqRQ29U4yd38XTI

Além disso, a Renault também irá terceirizar a produção de outro componente do propulsor, o estator – o componente estático em um motor elétrico – para a Valeo e a Valeo Siemens eAutomotive, uma joint venture que a Valeo acaba de assumir o controle total.

Renault 4 Prototype – patentes

Segundo informado pelas empresas, a expertise da Valeo no processo de montagem de fios de cobre permitiria que ela usasse uma densidade maior de cobre no estator, o que resultaria em mais potência com a mesma quantidade de energia. Já o rotor, a parte do motor que gira, e a arquitetura geral do motor elétrico, serão projetados pela própria Renault. 

InsideEVS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.