Fusível: Entenda como funciona

No interior do veículo, existe a famosa caixa de fusível. É exatamente onde estão os fusíveis para a proteção de itens eletrônicos e fiações. Na tampa desta caixa, a montadora ilustra o número de cada suporte de fusível, relacionando-o ao acessório ao qual o fusível está associado. A tampa também indica o valor e a capacidade em ampere.

Quer mais detalhes? Dê uma olhadinha no manual do proprietário. A montadora também oferece fusíveis reservas e uma ferramenta que facilita a retirada do fusível avariado.

Equipamentos e acessórios de grande potência (ou seja, de maior consumo também) terão fusíveis com maior capacidade de amperes. Sendo assim, nunca substitua um queimado por um de valor maior. Quando alguém faz isso, em caso de algum problema, o fusível não abrirá o circuito, provocando avarias irreparáveis no chicote elétrico, em conectores e acessórios.

Lembre-se de que todos os fusíveis estão projetados para suportar uma corrente elétrica compatível com o limite tolerado pelos acessórios. Ou seja, se você substituir um e 10A por um de 20A, caso a corrente no circuito atinja 15A, ele não “queimará”, e sim seu acessório.

Um pouco de história

A palavra “fusível” tem sua origem no termo latim fusus (“fundido”). Sua concepção foi elaborada por um físico francês que partiu do método da utilização de condutores com diâmetro reduzido para a proteção de estações de telégrafos contra relâmpagos.

Em sua concepção atual, o fusível foi patenteado pelo inventor e empresário Thomas Edison, como parte de seu sistema de distribuição de energia elétrica.

Lembre-se de que todos os fusíveis estão projetados para suportar uma corrente elétrica compatível com o limite tolerado pelos acessórios. Ou seja, se você substituir um e 10A por um de 20A, caso a corrente no circuito atinja 15A, ele não “queimará”, e sim seu acessório. Lembre-se de que todos os fusíveis estão projetados para suportar uma corrente elétrica compatível com o limite tolerado pelos acessórios. Ou seja, se você substituir um e 10A por um de 20A, caso a corrente no circuito atinja 15A, ele não “queimará”, e sim seu acessório.

One thought on “Fusível: Entenda como funciona

  • 19/09/2016 em 6:38 am
    Permalink

    Excelente jornal , como meio de informações técnicas,pois pudemos aplicar no dia a dia.
    Desejaria que os senhores ,caso possa informar-me a localização dos fusiveis da tomada para carregador de celular do Corolla Xei 2016/2017,pois na famosa tampa da caixa do porta fusivel não consta esta localização citados por voces.Porque em outros carros já vi,porem no carro citado acima não.
    Desde já o meu muito obrigado.
    Ubiraci

Fechado para comentários.