Componentes do motor

Devem ser comercializados no varejo com o selo do Inmetro a partir de janeiro de 2017

O programa de certificação de componentes automotivos com o selo do Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, é um trabalho que vem sendo desenvolvido há alguns anos para garantir ao mercado de reposição e consumidor a segurança comprovada da qualidade dos produtos.

Vários componentes já foram certificados e outros estão em processo. No caso de componentes motor, conforme Portaria n° 29/2015, o selo do Inmetro para comercialização no varejo e, consequente, aplicação na oficina começa a valer a partir de 1º de janeiro de 2017. Portanto, lojistas e aplicadores devem ficar atentos.

Mas o trabalho de certificação dos produtos pelos fabricantes vem sendo realizado há muito tempo. Nos produtos que já estão certificados, as embalagens contam com etiqueta de identificação, que contempla o número de registro e atesta a sua conformidade avaliada e aprovada pelos Organismos de Certificação de Produtos.

A KS, fabricante de componentes para motor, criou um guia que contém orientações aos profissionais de reparação de veículos sobre a certificação do selo do Inmetro para componentes automotivos. O material explica como funciona o processo, a importância da certificação para o mercado e informações que ajudam a identificar os produtos da marca com o selo do Inmetro.

Para solicitá-lo, é só enviar um e-mail para o endereço marketing@br.kspg.com