Problemas com o motor de arranque

Sintomas são semelhantes às falhas na bateria ou alternador.

É uma situação comum tentamos dar a partida nos depararmos com algum problema com o motor de arranque, e o veículo não dar sinal de vida. A primeira coisa que vem à mente é: “problema com a bateria”. Mas aí vem a surpresa: tanto a bateria quanto o alternador estão 100%. O que pode estar impedindo o carro de dar a partida, então?

Há uma boa chance de o vilão dessa história ser o motor de arranque. Mais especificamente, um desgaste nas escovas de contato que são responsáveis por levar a tensão da bateria para o induzido do motor de arranque, o que faz com que o motor elétrico comece a funcionar.

Esse desgaste excessivo das escovas ainda pode provocar danos maiores, encarecendo o conserto do conjunto. Por isso vale tanto a pena o dono do veículo procurar a sua oficina periodicamente para fazer a manutenção preventiva da parte mecânica do carro.

O que você deve procurar

No que se relaciona ao motor de arranque, as manutenções envolvem a verificação das escovas e porta-escovas, do rolamento, do estado de conservação do induzido e um teste do automático de partida.

É uma situação comum tentamos dar a partida nos depararmos com algum problema com o motor de arranque, e o veículo não dar sinal de vida. A primeira coisa que vem à mente é: “problema com a bateria”. Mas aí vem a surpresa: tanto a bateria quanto o alternador estão 100%. O que pode estar impedindo o carro de dar a partida, então?