Filtro de ar: confira a importância de ter o tipo certo para seu carro

O filtro de ar é fundamental para o bom funcionamento de um veículo e todos os motoristas devem se certificar que ele está fazendo o seu trabalho adequadamente.

Para quem não sabe, o filtro de ar funciona de uma forma relativamente simples e sua função consiste em, basicamente, impedir que partículas de poeira e sujeira do ar e do solo sejam sugadas para dentro do motor sem comprometer a entrada de ar; ou seja, o filtro de ar que funciona de forma eficiente deve garantir que o ar não encontre restrições para entrar no motor, mas esse ar deve ser limpo, caso contrário, o motor pode ser seriamente danificado com a entrada de sujeira. Se o ar encontra restrição, o motor perde potência e ainda consome mais combustível; o que certamente ninguém quer.

Tipos de filtro de ar existentes no mercado

É importante saber que há diferentes tipos de filtros de ar no mercado. Os mais comuns são os filtros de papel e geralmente estes filtros são os que saem das concessionárias nos veículos.

Sua troca tem um custo baixo, porém, apesar de este tipo de filtro fazer o que se propõe, não é o mais eficiente. Os filtros de papel oleado funcionam da mesma forma que os OEM. Eles apresentam uma filtragem melhor, mas restringem um pouco mais a entrada de ar.

Os filtros de papel oleado são menos comuns, mas ainda usados em alguns veículos. Um outro exemplo é o filtro de gaze/algodão, que é um filtro de substituição.

Este filtro é amplamente utilizado por prometer melhora de desempenho através da diminuição da restrição de ar. Por último e igualmente importante, devemos mencionar o filtro de espuma, que desempenha sua função de forma extremamente eficiente, mas tem pouca aceitação no mercado por ser mais caro.

Devido à sua notável eficiência, explicaremos como funciona a tecnologia da espuma no interior do filtro, bem como as vantagens de utilizar um filtro cônico de espuma para a melhora de rendimento do motor.

Filtro de espuma

O filtro de espuma é um pouco mais caro do que os tradicionais e isso pode ser explicado por sua avançada tecnologia de filtragem e de passagem de ar.

A espuma possui uma grande secção transversal, permitindo que a sujeira fique presa entre suas tramas.

A abertura dos seus poros é relativamente maior do que vemos nos outros filtros, de modo que o ar entra facilmente no motor, garantindo uma mistura ideal de combustão.

É interessante também mencionar que o fluxo de ar passa por aberturas aleatórias, não entrando diretamente no motor. Assim, à medida que o fluxo de ar corta diferentes “trajetos”, a sujeira fica presa na espuma.

Devido ao fato de conter muitas camadas de espuma, a garantia de que o ar será filtrado é muito maior e é a principal razão de este filtro ter um funcionamento tão notável.

Filtros cônicos/cilíndricos

O filtro cônico/cilíndrico pode representar um enorme ganho de potência e eficiência. Isso se explica porque este filtro possui uma grande capacidade de sucção do ar utilizando um espaço muito pequeno.

Localizado, geralmente próximo ao para-lamas, este filtro tem as perfeitas condições que precisa para sugar bastante ar.

Devido à conveniência em relação ao tamanho, não haverá nenhum problema em colocar um filtro cônico/cilíndrico maior em seu veículo, garantindo assim uma passagem de ar ainda maior, aliada à eficiência da filtragem. Por isso, é importante colocá-lo de forma estratégica no veículo, onde ele poderá “respirar” grandes quantidades de ar adequado (frio).

Fonte: CESVI Brasil

Fechado para comentários.