Grupo Renault: faturamento em alta de 15,9% no 3º trimestre

No 3º trimestre, o faturamento do Grupo Renault atingiu 12.218 milhões de euros (+15,9%). Excluindo o impacto da consolidação da AVTOVAZ, o faturamento do Grupo avançou 9,8%, para 11.584 milhões de euros (+12,2%, sem contar o efeito das taxas de câmbio). Neste trimestre, o Grupo Renault continua a registrar um crescimento de suas vendas, com uma alta de 9,4% de suas vendas mundiais, para 866.233 unidades, assim como de sua participação de mercado (+0,2 ponto, para 3,8%).

Na Europa, os emplacamentos do Grupo estão em alta de 4,9%, em um mercado em progressão de 1,4%, para 397.097 veículos emplacados no 3º trimestre. A participação de mercado do Grupo ficou em 9,9% na Europa, em alta de 0,3 ponto.

A marca Renault registrou um crescimento de 2,9% na Europa, tendo como destaques o lançamento do novo Koleos e o sucesso do ZOE Z.E. 40. O Clio é o segundo veículo mais vendido na Europa e o Captur é o 1º crossover de seu segmento.A Renault mantém sua liderança entre os elétricos, com 7.697 veículos vendidos no terceiro trimestre. O ZOE registrou 6.665 vendas, para um crescimento de 67%. A marca Dacia registrou uma progressão de 10,3%, graças principalmente à performance do Sandero (+12%). Fora da Europa, o Grupo continua a fortalecer suas posições, graças ao sucesso de seus novos modelos. Os volumes de vendas estão em alta de 13,5%, em um mercado que aumentou 5,5%.

Na Eurásia, os volumes estão em alta de 24,3% em um mercado que avançou 15,5%. Agora incluindo a marca Lada, a participação de mercado do Grupo aumentou 1,8 ponto, para 24,6%. Na região Américas, as vendas estão em progressão de 14,0% em um mercado em alta de 7,1%. A participação de mercado do Grupo avançou 0,4 ponto, para 7,3%. O Grupo continua a aproveitar plenamente a recuperação do mercado brasileiro, que avançou 14,6%. As vendas aumentaram 24,8% e a participação de mercado atingiu 8,5% (+0,7 ponto), graças aos bons resultados dos novos modelos Captur e Kwid. Lançado em julho, o Kwid já teve mais de 13.600 unidades vendidas.

No mercado argentino, que está em alta de 18,5%, o Grupo avança 7,7%, aguardando o lançamento comercial do Kwid.

One thought on “Grupo Renault: faturamento em alta de 15,9% no 3º trimestre

Fechado para comentários.