Mobilidade elétrica: projeto busca avançar no desenvolvimento seguro no Brasil

Mobilidade elétrica busca avançar com E-mobility, 1º laboratório para testes de segurança em veículos será instalado na PUCRS

Impulsionado pela demanda por alternativas de mobilidade sustentável, o mercado de veículos elétricos vive um crescimento expressivo, mesmo após o impacto econômico da pandemia provocada pela Covid-19. De acordo com dados da consultoria LMC Automotive, as vendas mundiais de veículos elétricos aumentaram para 4,5 milhões em 2021 em comparação a 2,1 milhões em 2020. No Brasil, as vendas tiveram um crescimento de 78% no primeiro quadrimestre de 2022, segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). O aumento também é impulsionado pelas metas de redução de emissão de carbono firmadas pela comunidade internacional, tendo destaque no Brasil em razão da matriz elétrica do País, cuja origem é 80% de fontes renováveis. 

Apesar da expansão, o setor ainda enfrenta desafios como a importação de matérias-primas, o desenvolvimento tecnológico e o fortalecimento de toda a indústria no Brasil. Entre os aspectos fundamentais para potencializar esses avanços, está a garantia de segurança e desempenho dos veículos para a sociedade.  

Buscando contribuir para sustentar o avanço do mercado no Brasil, o primeiro laboratório de terceira parte para ensaios em componentes ligados a veículos elétricos do Brasil deve ser inaugurado no Campus da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) até o final de 2022. O espaço, nomeado E-mobility, contará com equipamentos rastreados e calibrados, que garantam mais segurança e melhor desempenho às baterias e estações de carga dos veículos. O laboratório atende à crescente demanda mundial por carros elétricos mais econômicos e menos poluentes e deve ter investimento inicial estimado de R$ 20 milhões. 

A iniciativa, pioneira no Brasil, é fruto de uma cooperação entre o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a PUCRS – por meio de seu complexo de Laboratórios Especializados em Eletroeletrônica, Calibração e Ensaios (Labelo) – e o grupo global de certificação de produtos PCN, da Coreia do Sul, e está fundamentada no Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação. 

Durante esta semana, houve assinatura de um Memorando de Entendimento entre as partes, possibilitando a troca de conhecimento e metodologias a respeito do tema, além do acesso das equipes ao que há de mais moderno em mobilidade elétrica. A comitiva participou, ainda, de uma série de seminários que expuseram os riscos associados à utilização de bateria em veículos os padrões de qualidade necessários para a garantia de segurança, bem como as melhores práticas de reciclagem (segunda vida) e descarte dos produtos. 

“Com a expansão dessas tecnologias no País, é necessário assegurar a qualidade e a segurança desses equipamentos, a fim de garantir a eficiência e minimizar os riscos de acidentes a consumidores. Assim, o encontro é uma possibilidade de intercâmbio de conhecimentos entre as equipes e de grande importância para a implementação do laboratório brasileiro, bem como de regulações para certificações no setor”, destaca o diretor do Labelo-PUCRS, Israel Teixeira.   

Como parte do desenvolvimento do projeto, até a esta sexta-feira (8/7) membros das três instituições integram uma missão técnica no país leste-asiático com o objetivo de aprimorar, fortalecer e desenvolver conhecimento na área de sistemas de controle e armazenamento de energia. 

Parte da agenda que vem sendo cumprida pelo grupo ocorreu no KTL, um dos maiores e mais tecnológicos laboratórios de ensaios e avaliações da conformidade do mundo, ligado ao Ministério do Comércio, Indústria e Tecnologia da Coréia do Sul. As equipes foram recebidas pelo presidente do laboratório, equiparado a vice-ministro do país, e pelos engenheiros responsáveis por realizar os ensaios. Os integrantes da missão técnica tiveram contato com o que há de mais avançado em equipamentos e metodologias de testes no assunto. Foram realizadas visitas a outros institutos de tecnologia avançada na Coréia do Sul como o KAIST (Instituto de Ciências e Tecnologias Avançadas da Coréia do Sul, na sigla em inglês) e o KATRI (Instituto de Testes Automotivos da Coréia do Sul, na sigla em inglês). 

Outro destaque da missão foi a assinatura de Memorando de Entendimento entre o laboratório sul-coreano, o Labelo-PUCRS, Inmetro e PCN, a fim de fortalecer a parceria já existente. A comitiva também realizará encontros com de empresas ligadas à mobilidade elétrica como Samsung, LG e Hyundai e uma visita à fábrica de estações de carga da CHAEVI, em grande medida responsável por implementar a infraestrutura de recarga no país. 

Competitividade para a indústria nacional e segurança para o consumidor   

Os sistemas de controle e armazenamento de energia são parte essencial no desenvolvimento de tecnologias de energia renovável e sustentável, integrando os componentes de veículos elétricos (baterias), da infraestrutura necessária para a mobilidade elétrica com estações de carga de veículos (eletropostos) e também da produção de energias renováveis, com a utilização de Battery Energy Storage Systems (BESS) em usinas de energia solar, eólica ou hidrelétricas.  

“Em pouco tempo, haverá um grande avanço no que se refere à mobilidade elétrica. Atentos a esse processo e às evoluções tecnológicas em sistemas de armazenamento de energia e outros componentes relacionados aos veículos elétricos, firmamos essa cooperação com instituições sul coreanas, país que já está avançado nesse setor, o que permitirá que a implementação de tecnologias ocorra de modo seguro, sem representar riscos aos usuários de carros, bicicletas, patinetes elétricos. Muito em breve, por exemplo, carregar veículos em supermercados, shoppings centers e tantos outros locais, fará parte do cotidiano das pessoas. Nosso esforço é, justamente, que isso aconteça da forma mais segura possível”, destaca Kim Rieffel, CEO da PCN na América Latina.  

Neste sentido, Teixeira complementa que a PUCRS participa da missão a fim de se capacitar tecnicamente para montar um laboratório, submeter esses produtos a testes e garantir que isso ocorra de maneira segura no País, garantindo também que a indústria nacional tenha competitividade por meio de normas de qualidade.   

Também na Coréia do Sul, as equipes técnicas participaram de treinamentos divididos em dois tópicos; o primeiro, focado em estações de carga de veículos elétricos, e o segundo voltado para ensaios de baterias, tanto as utilizadas em veículos elétricos, como as usadas nos chamados BESS, que têm diversas funções, como as ligadas a eletropostos para mobilidade elétrica, geração de energia sustentável, distribuição de energia para locais remotos, uso em plantas industriais, entre outros.   

O Labelo-PUCRS  

É responsável por calibração de instrumentos de medição e ensaios da conformidade para certificação de produtos. Com a missão de preservar a vida através dos cuidados com a segurança, contribui para garantir ao mercado a oferta de bens e serviços que atendam aos critérios de qualidade para o consumidor final há mais de 50 anos. Presta serviços à indústria e contribui para garantir a oferta de bens e serviços que atendam aos critérios de qualidade para o consumidor final.

Imprensa PUCRS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.